Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem influência

Só quando me for
Poderei me ser
Então será eu
Sem influência
Mas se sou da influência
Quem serei fora?
Não serei
Viverei do que é sublime
Viverei
Cansei de realidades
De pensamentos que não são de sabão
Acredito que posso mudar
Posso piorar, eu não
Piorar não posso
Quero ser, sou, estou o pior
E me sinto tão bem...
Mentira!  Me detesto
Porque vivo mentindo
E teimo em acreditar nesse realidade
Criaram uma realidade para o eu
Acho que vim com defeito
Não é justo
Porque me dói as coisas
Sinto que não vim do sentido
Mas...
E a vida sem sentido?
Não tem razão
Não pedi para saber refletir
Na real meu pedido seria outro
Queria o Dom
De achar que esta  normal
Que cotidiano é normal
Mas! Na sinceridade
O que é normal? Comum?
Comum todo normal
Normal é só ir...
(silêncio)
e para onde ir?
De incompleta em combustível
Não posso mais
Tudo para, (não existe tudo)
Porque eu não sei de mim.
PROCURA-SE um eu
Quem encontrar terá total
Direito sobre ele...
Vivo num mundo de eus perdidos,
De inexistentes.
 
Luciana Brites
Enviado por Luciana Brites em 29/04/2006
Código do texto: T147581
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Brites
Maringá - Paraná - Brasil, 27 anos
45 textos (1842 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:46)
Luciana Brites