Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Homens

Eu, Mulher, não entendo muitas vezes o amor egoísta dos homens. É certo que em toda regra existem exceções. Não podemos colocar todos os homens no mesmo balaio. Existem os que realmente podem ser chamados dignamente de Homens. Mas são poucos que merecem receber esse nome.
Refletindo no que vejo por ai, citarei esses homens, que a meu ver se escrevem com 'h' minúsculo. São homens que não sabem o que querem, homens que envolvem mulheres apaixonadas e carentes, muitas que todos os dias conectam-se ao mundo virtual em busca de um pedaço de sonho, um pouquinho de amor e se doam.
Continuando minha reflexão, será que esses homens que prometem amor, desmanchando-se em carinhos quentes, gostosos, palavras doces, amorosas, porém fictícias e que rapidamente esfriam o relacionamento, não se importam com as conseqüências da tristeza que deixarão ao se afastarem, não percebem a lei universal do retorno?
Paro e penso: eles têm irmãs, filhas que com certeza encontrarão homens iguais que as farão sofrer. Menos lágrimas seriam percebidas nesses rostos tão amados de irmãs, de filhas, se só existissem Homens com 'H' maiúsculo.
Quantos dissabores poderiam ser evitados, se o amor fosse visto e sentido com mais responsabilidade. Se fosse dado a esse sentimento o seu verdadeiro valor, isto é, o respeito a alguém que só quer a sinceridade, a transparência, a cumplicidade de se mudar para uma relação saudável, rica na felicidade de se ter. Tantas mulheres que vejo sofrer por aí, tanto amor desperdiçado, tanto carinho jogado ao léu por falta de avaliação interior, de se questionar do verdadeiro valor da palavra amor!
Talvez quem agora me leia me sinta amarga pela realidade que descrevi acima. Então, lanço as perguntas:
Será que se tirarmos esses sentimentos negativos encontrados nos porões do mundo virtual não seria um modo de fazê-los refletir?
Quem sabe ao sentirem isso, não seria a solução para uma mudança urgente nos corações apaixonados: homens com H maiúsculo?

Sandra Wajman Grüner
Sandra Wajman Gruner
Enviado por Sandra Wajman Gruner em 05/05/2006
Código do texto: T150595
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Wajman Gruner
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
116 textos (7133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:49)