Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Marcas de um Amor

Estou aqui pensando como alguém pode nos marcar tanto e tão ao fundo?
Em cada rosto que vejo pelas ruas é a sua imagem que me aparece.
Cada sorriso, cada olhar é do seu olhar, do seu sorriso criança que lembro.
Por quê?
Não devia tirá-lo de onde o deixei, devia apagar você da minha mente e do meu coração,
Você me magoou tanto, e nem ao menos tomou conta disso.
Agora o tempo passou, as cicatrizes estavam começando a cicatrizar e eis que surge você novamente.
Porque meu D'us, por quê???
Olho para dentro de mim e pergunto, será que foi melhor ou pior esse reencontro.
Aonde foram parar os restos de mim?
Você não em ensinou a esquecê-lo.
Tento aceitar não mais absorver suas palavras, criando em minha imaginação sonhos, onde juntos somos um presente com direito a um futuro.
Você não me ensinou a viver sem você, a ter sonhos separados sem a participação de seus sonhos, a cogitar a idéia de meus lábios sem os seus beijos, perdendo sonhos que construímos, onde sua respiração seria órfã sem a minha.
O que fazer sem você?
Você não me ensinou...
A ouvir uma música e desassociá-la de sua presença, na sombra da lua ver somente a minha imagem, ter desejos do seu corpo, dormir sem querer sonhar, pois você é quem sempre foi meu sonho azul.
Você não me ensinou nada disso.
Eu aqui, você ai, e nosso coração, nossos sentimentos aonde eles foram parar?
Não sei o que fazer, eu não aprendi a esquecer.

Sandra Wajman Gruner
Sandra Wajman Gruner
Enviado por Sandra Wajman Gruner em 09/05/2006
Código do texto: T153118
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Wajman Gruner
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
116 textos (7133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:08)