Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tantas coisas...


 Tantas coisas aconteceram desde a última vez que nos falamos.
Se ao menos soubéssemos que seria a última...
Ás vezes fico horas pensando em você e imagino como está e o que tem passado.
Porque da última vez em que nos vimos tudo era tão perfeito.
Por cada suspiro dolorido que dou quando lembro, por cada dia de vida que pude dividir contigo eu agradeço.
Estou a um passo de aceitar o vazio de agora e reconhecer que tive minha cota de felicidade, mas acho isso tudo tão pouco.
Como alguém pode achar que era a hora certa p/ vc ir embora e me deixar aqui...será que só a gente sabia que vc me levaria p/ o resto da vida?
Será que quem tem o controle disso tudo tem um senso de humor tão sarcástico?
Então me leve de volta à aula de religião, pq eu cansei de esperar pela chegada da razão.
Qual o motivo, para tudo isso?
Eu vivi muito tempo essa vida solta.
Prendendo-me ao trabalho, amigos, família.
Mas minhas costas se dobram ao nosso passado, amor.
Dizem que às vezes você recebe luz de um acontecimento que causa dor.
Por tudo que partiu meu coração eu agradeço.
Estou aprendendo a viver sem você agora e não tem sido nada fácil, quanto mais eu aprendo, menos eu entendo, tudo que eu pensava saber estou aprendendo novamente, tenho tentado exaustivamente chegar a uma resposta, ao ponto certo da questão, mas minha vontade enfraquece e o pensamento parece falhar.
Talvez seja uma questão de perdão, mesmo que nosso amor não possa mais acontecer, ou talvez seja questão de tempo e só tenhamos que esperar. É tudo tão incerto.
direitos reservados Nadia Luz
Enviado por direitos reservados Nadia Luz em 17/05/2006
Código do texto: T157988
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
direitos reservados Nadia Luz
Londrina - Paraná - Brasil
80 textos (7863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:26)
direitos reservados Nadia Luz