Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Telefonema!

...E você me liga.

Dizendo que quer ouvir minha voz.

Que esta refém, de um desejo feroz...

Que irá, fazer amor já, na linha...

Pensando em nós!

Eu me derreto inteira...

E entro na brincadeira.

Te digo coisas gostosas, ousadas, suaves.

Escutando de seus lábios, gemidos selvagem,

O arfar de macho no cio.

Um homem tremendo por mim,

Me envaidesse, me envolve...

Que perto me enloquece os sentidos.

E de longe, me faz te querer sem limites,

Sem nem ao menos saber porque!

Só te querer...

E te falo tantas besteiras...

Te acaricio com palavras, promessas,

Pois sei o efeito que consigo,

Dizendo loucuras aos teus ouvidos.

Te relato meus atos...Os caminhos que faço,

Como deslizo a mão no colo com malícia,

Te faço imaginar as delicias,

Que guardo dentro do roupão...

Afinal,você sabe...

Que a esta hora estou nua.

Coberta por ele,é claro,o ropão!

Mais me sinto descoberta,

Por tua hábil imaginação!

Posso até sentir... o pulsar de teu coração.

Sei do desassosego que impera entre tuas pernas.

Sei, está agasalhado,guardado...

Mais todo assanhado, querendo sair.

Para me ter, me possuir!

...E me liga assim, neste frio, á na noite.

Quando lânguida estou,

Pensando em me acassalar no sonho...

Você me liga, só para me assanhar.

Me tirar o sono!

Pelo fone a me olhar...

Me faz arrepiar inteira, delirar!

E desejar tua boca, beijar morder, comer...

__Eu preciso te ter!

Na tua língua me perder,

Me encontrar no teu prazer.

Me deliciar com tua saliva.

...Ligou para me dizer,

Que meu cheiro te impregna as narinas,

Que meu cio te alucina...

Que tenho gosto de pecado.

De luxúria, de mulher...Que sabe o que quer!

De fruta madura, gostosa de degustar.

E que pode me adivinhar o sabor,

Só em me olhar...

Diz, com voz, que traduz olhos febris,

Que me quer possuir inteira.

E me faz sentir vontade de ter você.

E dividir meu prazer...

Aqui do outro lado.

Sentindo no corpo, um calor danado,

Com teu murmurar...

Querendo estar ao teu lado.

Mergulhar no teu corpo meu pecado!

Agasalharte entre as pernas.

E me enroscar no teu sexo.

Deixar os pensamentos fluírem sem nexo...

Me embriagar em teu desejo,

E num longo, e profundo beijo.

Fazer-te provar meu mel,

Te levar para o céu.

Ser tua fêmea, tua aventura,

Tua mulher, sem censura.

Inteira e completamente tua.

Me faz tua senhora, tua meritriz.

Eu fico aqui te ouvindo.

Atenta no outro lado da linha,

Com o corpo espinhado,

Mais feliz!


Amar por telefone foi demais.
 

Mais meu sonho, quero mais.
 

Quer sentir teu calor,

Vêem de verdade,covarde...

Vêem, me deixa sentir tua vontade.

Numa noite de amor de verdade!



Observadora
Enviado por Observadora em 18/05/2006
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T158503
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:40)
Observadora