Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brilho de Um Olhar

Como se fosse o último brilho daquele olhar
Uma lágrima escorria em sua face
E entre as mãos, uma carta de solidão.
Como no auge, no cume de uma montanha
Onde só se espera, descer
Nada além do horizonte,  se vê
Coração em fogo, e olhos em lágrimas
Era uma promessa de história
Um amor sem glórias
Mas tinha o puro sabor do sentimento
Não tinha nada além do comum
Nem mesmo o comum demais
Nem fulgás
Humilde como a chuva que cai
Que esse amor pudesse ter uma história
Um passado - presente
Um futuro ausente
Como pétalas, que com pingos de chuva, ou lágrimas
Se abrem, ou caem
E serenas, perfumam,
Acalentam os olhares perdidos
Os corações sofridos
Amor que chega sem preparar
E fica
Talvez um dia, se vá
Não há certeza
Pois a única certeza é que existiu
Não há provas
E quem sabe razões?
Só se sabe que o brilho do olhar
Nunca é o último
Mas pode ter sido o primeiro.

Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 26/05/2006
Código do texto: T163542
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:13)
Priscilia Nascimento