Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O iniciado e a grande obra



Para um homem que esta começando na iniciação, no princípio dos grandes mistérios, das buscas envolvente e alucinante por se tratar do finito em busca do infinito. Só pedimos a Deus  que nos envolva em seu manto protetor e que  nós não desistimos na primeira provação que cairá  sob nossas costas É difícil achar o caminho que nos levará a compreensão da pequena obra. Mas a verdade deve ser dita por aqueles que possuem, e  a verdade e que se chegar na pequena obra a sua visão ou a sua razão esclarecera de um modo todo pessoal ou simplesmente mágico ou se preferir milagroso o fogo que iluminara a vossa cegueira diante de Deus. Falar bonito não é simplesmente mostrar a luz ao ignorante o ao cego, mas dar=lhe um sentido, uma direção a ser trilhada e falar da verdade absoluta e acreditar que ela possa transformar esse ser em uma nova criatura.
Você sabe o que e ser aprendiz dentro da iniciação? E começar a ver com a razão e o coração tudo que o mundo esconde de uma maneira suja para que nós possamos descobrir a verdade. Infelizmente isto é a verdade da alma humana, esta semente de fogo brando que quando alcançada e a luz mais reluzente que se possa ser vista por um ser humano. Ser  aprendiz dentro. Da iniciação e desabrochar de uma maneira magnânima para vida e começar a refletir o pensar isto é, como se deve pensar daqui para frente o que se deve pensar para justificar a nossa presença sobre a face da terra. Esse justificar e nada menos do que agradecera cada dia que se acorda e percebe a vida em si próprio, é sentir uma nova oportunidade de amar e ser amado por todos os seres viventes que pertence a natureza. Ser aprendiz e serenar o coração e iluminar a razão com fogo divino, é ter a grande humildade de trabalhar na senda que foram transmitidas por homens de desejos e objetivos profundamente relacionados com o desenvolvimento da alma para o mar se serenidade e de amor que se pode alcançar quando existe a perseverança de uma vontade forte. Nada é tão gracioso e iluminado quando o aprendiz reconhece que amadureceu e esta pronto para nutrir outros que se aproxima dele por motivo de suprema beleza que vem a ser o alimento espiritual que é dividido entre as almas que labuta a encontrar a tão sonhada paz espiritual. O aprendiz quando reconhece que esta pronta ele absorveu o amor fraternal que é transmitida pela senda da iniciação e é adquirida através da boca ou ouvido. E somente os iniciados batizados na senda são capazes de reconhecer os pequenos e os grandes mistérios da natureza, porque eles caminhão sob uma observação constante de olhos atentos a corrigi-los quando se fizer necessário, E por isso que ao passar do tempo aprendiz aprende a reconhecer a si próprio e quando isso o ocorre ele se transfigura na pessoa  de um iniciado que amadureceu de pé perante todos os obstáculos que veio sobre seus ombros. Apesar de que o aprendizado será eterno, pois haverá sempre o que aprender, o que se ver, pois a alma esta sempre em evolução espiritual. A alma e a fonte da luz, mas que precisa ser lapidada para se transformar em belo fogo divino. O aprendiz quando se apaixona pela iniciação é como colocar lenha num pequeno fogo que acelera as células para um crescimento extraordinário que ocorre devido a magia que existe na natureza divina. Esta paixão ocorre no coração e na razão pois ela toma posse através de um grande elixir que transforma a vida comum em uma vida pensante , onde o pensamento é a ferramenta principal da máquina eterna, O aprendiz quando se apaixona busca o verdadeiro caminho e labuta dia e noite para que aconteça a simples magia de ser divinizado pelo Criador.
                                                                                                                                                                                               


02 O aprendiz passa a vivenciar o trabalho mágico que o sol faz no universo, pois o trabalho que o aprendiz toma conhecimento e o trabalho solar, e o trabalho onde a vontade e a perseverança estão sempre presente. O aprendiz se apaixona devido a bela luz que começa irradiar da sua alma para com as outras almas que se aproxima delas e ela possa dividir a felicidade que ela esta sentindo naquele momento angelical. Na verdade quando o aprendiz se apaixona pela verdade ele toma um banho de luz primordial caída do céu, ou simplesmente doadas pelas estrelas. A paixão sentida pelo aprendiz pela iniciação é mais forte do que a paixão sentida por uma mulher, porque esta consciência  cortando toda maldade que há naquela alma mundana. Geralmente a paixão por uma mulher aquece nossas emoções, muitas das vezes tirando-nos do equilíbrio ou da serenidade, o coração parece querer saltar pela boca e ficamos bobos diante da pessoa amada, sentimos como meninos desprotegidos diante da paixão alucinante. Já a paixão que o aprendiz começa  a sentir pela inicia cão e uma vontade perseverante adocicada pela fraternidade é simplesmente um amor que vence as emoções e o tempo, porque ao passar do tempo ele se eterniza. O aprendiz é somente felicidade, pois ele se encontra diante do grande mistério da vida dele, porque ele sabe da verdade que é única e magnânima, e ele também quer, pois possui uma vontade fortíssima, e através da vontade ele usa a buscar o tesouro que se encontra perdido, e quando alcança essa graça ele tem plena consciência que é hora de calar-se. Quando o aprendiz aprende na prática a teoria que possui diamantes de experiência e tradição, ele descobre o grande elixir da vinda vindoura. O aprendiz começa a ler o futuro no presente e ver o passado a riqueza que existe em sua experiência, enfim ele descobre a verdadeira riqueza  aquela que vem do criador. O aprendiz vive em uma experiência única ele percebe que o trabalho que ele tem para fazer é tão importante como o trabalho do sol, pois o seu trabalho é semelhante ao trabalho que é realizado pelo o sol. E o trabalho solar é aos quatros cantos do universo. O aprendiz vive uma vida especial justamente  porque a figura da ilusão já não mais existe, isto é, ele já não deixa ser levado pelas coisas mundanas. Ele consegue captar o sentido moral e dinâmico  que vivenciar esse caminho cheios de mistérios. O amor sentido pelo aprendiz quando ele adentra profundamente desejosamente a senda é semelhante como um fogo tenebroso, ardente, mas desse fogo sai uma luminosidade e um calor que aquece todas as almas que tem o mesmo intuito ou que possui o mesmo desejo de alçar sobre os mistérios que nos envolve e os consume por dentro.Esse desejo ardente que o aprendiz sente quando labuta aa pedra bruta para que ela possa ficar com uma chama desse fogo tenebroso que arde na alma, assim como o vento esculpiu nas montanhas verdadeiras obras de arte. Isto acontece devido a vontade que o aprendiz  toca a sua vara e direciona para as soluções dos problemas que surgem em seu destino ele deve de maneira sublime resolve-los. Seu coração bate em um ritmo alucinante, como se fosse uma melodia universal, onde todos os instrumentos fossem orquestrados em apenas uma nota que sintetizasse toda a harmonia da magia da vida existencial. O aprendiz reconhece o caminho, a senda, que ele trilhou em outras vidas anteriores, e ele presente que novamente esta desempenhado um novo personagem no drama da vida. Ele sente a corrente das vidas passadas nesta presente, e ele se torna pensativo, introspectivo e imaginativo.


03 O aprendiz que para ser iniciado completo deve andar pelas próprias pernas, ser mestre de si mesmo e para isso ele deverá aprender muito bem a sua travessia sob o lago do aprendiz que na verdade não existe um tempo pré-determinado para acabar agente apenas sente a força que vem de Deus e percebe que chegou a hora de caminhar sozinho, pois absorveu tanto os ensinamentos dos mestres que se transformou em um deles pela força da magia e de sua vontade. O iniciado sabe prevê os segredos que se esconde nas linhas das mãos, sabe ouvir as mensagens que o vento trás dos quatros cantos do mundo e também ele desvenda os mistérios de suas vidas passadas. Mas  o mais importante disso é que o iniciado ele aprende a calar se quando é preciso para ouvir o silencio da sua alma que muitas vezes canta de alegria quando invocado pelo nobre iniciado. O iniciado que se aperfeiçoou na labuta da pedra bruta procura agora dar um significado para a grande obra por tanto trabalho executado durante chuva e sol, essa foi a vida do iniciado durante o tempo que pra ele se eternizou. Essa corrente viva que e decifrada de boca ao ouvido é o tempo eternizado pelo o iniciado, é o seu real trabalho feito em silencio nas entranhas da natureza divina. O iniciado é aquele que perseverou com uma vontade forte em um ponto central da caminhada, e após. Ter chegado na aurora do conhecimento viu e sentiu toda verdade no espelho da natureza divina. O iniciado pensa a respeito de tudo que ele vivenciou e percebe a realidade da ilusão, enfim, as portas que seus olhos não as viam, eles as descobre com uma razão esclarecida pelo saber ou pelo duro amadurecimento que perdurou em sua jornada na iniciação. O iniciado é como a chuva fina que molha a terra  mansamente, mas com grande profundidade e maestria, porque ela penetra nas entranhas da terra e vitaliza dando-lhe o há de mais precioso a vida. O que o iniciado tem haver com a grande obra? Se o homem não tiver o amadurecimento e todo o conhecimento tirado da natureza a parte que lhe cabe na construção do templo divino. A grande obra é esse templo divino espiritualizado no homem, com uma intimidade com Deus, esta relação deve ser mais segura, confiante, desejosa, intima, porque o caminho é estreito e possui vários obstáculos para que esse encontro não de certo, mas o homem de desejo busca alucinante essa luz, esse fogo tenebroso que se transforma em fogo celestial. A grande obra é sabida por todos aqueles que passaram pelas provas do fogo ardente e o iniciado é aquele homem que vivenciou em silencio, assim como a natureza, toda uma historia, que foi dando a ele o envelhecimento necessário para transmutar a sua natureza em uma natureza divina.a grande obra é o iniciado vivenciar a senda e com os conhecimentos que lê foram ofertados pela natureza divina e poder de ter essa intimidade com Deus Pai e para conseguir isso devemos primeiramente reconciliar-se e depois se reintegrar, somente estaremos no lugar certo e na hora certa para Deus. O mistério da grande obra só é descoberto por aqueles que passaram pela pequena obra, que na verdade não passa de divinizar o homem para que ele possa ter um contato direto com Deus. Pois o iniciado passou por tantas provas que o seu coração e a sua alma já estão em processo renascimento dentro dessa vida.a grande obra somente é entendida quando o iniciado fizer a sua parte que é a parte do filho para com o Pai supremo. Ele deve vivenciar a suprema beleza para que sua alma seja adocicada pelo açúcar da pureza, enfim ele deve ser puro como a natureza que se renova a cada amanhecer. É um verdadeiro casamento entre o iniciado que lapidou a sua pedra como um legitima diamante e que se depara com o templo divino que o espelho magnânimo do Deus divino.
04 A grande obra é o iniciado ter consciência do real trabalho que ele deve executar com um enorme desejo ardente, se transformando em um sol figurativo para poder irradiar para os quatros cantos do mundo e assim alcançar as alturas do imenso mundo invisível. O iniciado que esta pronta para grande obra , ele adquire uma intimidade com Deus e ele ouve a grande vos do Pai sussurrando em seus ouvidos. Nessa hora ele acaba de encontrar o seu mestre interior que a partir de agora o alimentara em nossa jornada aqui nesta vida passageira, quando o iniciado começa a caminhar por essa estrada ele vai descortinando as telas que o cegava pela ignorância de não poder ver a origem da natureza suprema. O iniciado nos grandes mistérios é de uma serenidade e dirige sua vida com os ensinamentos de Deus. Ele sente e vive seu verdadeiro amor fraternal, tanto para com Deus e também para com a humanidade, porque, antes de ter uma intimidade com Deus o iniciado deve estar reconciliado com toda a humanidade e, é através desse trabalho diário que o iniciado chega em um amadurecimento eficaz que lhe da de ser presenteado por Deus e  adentram nos grandes mistérios. Os iniciados que adentram nesses grandes mistérios são iniciados que passaram obstáculos complexos, dificílimos e conseguiram  com a ajuda de Deus atravessar o deserto que se encontra no caminho de todos seres humanos. A grande obra é o principal objetivo que o iniciado amadurecido pelo tempo idealiza para sua conquista diante da vida que ele leva a cada dia da sua vida. O iniciado para chegar na grande obra é necessariamente que tenha passado e vivenciado pelas provas da iniciação, que fará dele, um homem mais justo e aperfeiçoado do que ele era antes. A grande obra para o iniciado é o ideal de sua conscientização perante a humanidade e perante Deus. Ele começa a vivenciar a grande obra quando ele por intermédio de sua vontade e perseverança alcança o desejo desejado ou desejo ardente aqueles desejos que transmuta uma simples vontade numa força invisível capaz de alçar vôos cada vez mais altos. E este desejo desejado é a matéria prima para a alma que esta em busca da evolução espiritual e em busca da grande obra. Por isso nem todos atravessam o deserto ardente, o gargalo da garganta, porque nem todo constrói a sua verdade eterna, para isso acontecer o iniciado deve ser desejoso, assim como o fogo que queima a lenha e a transforma em cinzas e estas cinzas representam a transmutação da morte ao nascimento. O iniciado quando ele entende que deve fazer o trabalho real para que ele alcance a grande obra, ele deve morrer de fato e de direito e em todos os sentidos para as coisas desse mundo e começar a vivenciar o invisível, através grande farol que é o pai supremo. A iniciação é para o iniciado a pequena obra que ele deve realizar no sentido de aperfeiçoar o seu personagem e evoluir a sua alma para que possa fazer parte da comunhão entre os filhos de Deus Pai. A iniciação é a senda onde predomina o respeito, a tradição, os grandes segredos, a vontade, a perseverança, o desejo e tudo isso passado de boca ao ouvido. É uma corrente vivenciada por poucos, pois aqueles que conseguem são escolhidos pela natureza divina e são coroados por esses grandes mistérios que a natureza esconde. É uma corrente viva que queima como fogo tenebroso, mas que trás a calmaria e a serenidade parta as almas desejosas pela luz divina que ilumina todo ser. As almas desejosas vêem naquele iniciado que passou por todas as provas e foi abençoado por Deus de ser um sol que irradia o fogo tenebroso que alivia as almas que busca um caminho entre esse mundo e o mundo invisível, é um grande presente que Deus da ao iniciado que chegou a este estágio e elevou a sua alma aos céus superiores.
05 O trabalho que o iniciado realiza ele se transmuta para a eternidade, pelo fato, que o iniciado vive o passado, vivencia o presente e arquiteta o futuro, esse trabalho e vivo porque ele caminha sobre uma linha vertical, que sintetiza a intimidade com Deus Pai. O iniciado precisa de muita coragem e desprendimento para não cair na labuta, todos os dias de sua vida. A fraternidade é o cordão mágico que liga todos os irmãos em um único desejo de evoluir, pois se trata de uma senda constante que é passado de boca ao ouvido. A fraternidade entre os irmãos é o puro amor natural e respeito pelas almas que trilha a senda como es estivesse em própria casa, a senda é um grande farol que o iniciado descobre aos poucos em sua caminhada pelo labirinto da iniciação, somente aqueles que trilhão sabem do tesouro que há em cada verdade revelada, pois cada verdade impulsiona o iniciado a anos luz da realidade em que ele se encontrava e como se abrisse uma estrada em sua frente e a luz da estrela o engolisse completamente. A iniciação é a pura magia do invisível onde predomina uma cadeia que incendeia através do fogo tenebroso e purifica os nossos pecados nos tornando redimidos perante a Divindade. O iniciado caminha pelas trevas levando consigo a sua lâmpada mágica que adquirida através da coragem, no desejo da lealdade e da fraternidade que a natureza divina da a ele a luz, fazendo com que a sua alma se inframa e toma  posse da razão, ficando a razão esclarecida e direcionada. Quando o iniciado percebe a grandiosidade do seu ato ou do seu buscar, ele entende e compreende os porque da vida e ele consegue resolve-los, pois os mistérios deixam de serem segredos para aqueles que possui o grande mestre que é o Criador...As almas dos iniciados que amadurecem e se transforma em vinho doce, erradia por todos os lados do mundo esse doce amor para com humanidade. As almas dos iniciados vibram na mesma intensidade e serenidade que a natureza respira para estar sempre acolhedora como uma belíssima mãe. O iniciado vivencia o paraíso aqui na terra, pois vive e cria o seu próprio mundo usando a magia celestial para se proteger e se elevar diante de Deus. A iniciação é uma escola do futuro por isso esteve no mais remoto passando nas mãos daqueles que olhavam o seu tempo, mas com o pensamento sempre no futuro. Esses homens que em seu tempo podíamos chamar de passado, eram homens de visão, eram homens de desejos e suas mentes eram brilhantes. Pois o iniciado de agora não é diferente do iniciado do passado, porque a escola, a senda, a tradição é a mesma, por isso se no passado temos uma idéia perfeita, hoje também a obtemos. A iniciação é código secreto onde é chamado de senda, com a senda o iniciado tem em suas mãos o direito de ser rico, de possuir o maravilhoso tesouro escondido nas entranhas da natureza. Esta é dada somente aqueles que chega a purificar o coração e a alma, porque, juntamente com essa riqueza vem a luz primordial. Esta luz primordial banha o iniciado e eles são levados aos céus superiores para que a sua alma possa ouvir a vos de Deus. E de fato ocorre isso mesmo, quando o iniciado esta noivo dessa riqueza, a sua alma inflama e ele se torna o homem mais feliz naquele instante. O símbolo da iniciação é o renascimento da fênix alçando vôo aos mundos superiores. A cada momento o iniciado morre e ressurge das cinzas por isso mesmo, o iniciado é comparado com a fênix. FIM
Marck Sosza
Enviado por Marck Sosza em 26/05/2006
Código do texto: T163687
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marck Sosza
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 55 anos
149 textos (12330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:07)