Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longíquo

O que dizer desta distância
Que nos impede de um abraço,de um beijo,de um olhar
Que ao menos dá a oportunidade de nos falar
Sua presença é sentida a todo instante
Machuca,maltrata e nos faz errantes
Dia belo nasce,noite escura morre e nosso destino,escravo de sua própia sorte
Mas nem tudo é lamentação
Pois,se não houvesse tal adversidade
Não seria possível,a fortificação desse amor que aflora em mim a cada dia com mais intensidade
Que ao teu lado valorize cada momento,posto que é único e como tal,deve assim ser apreciado
Sabeis que a minha vida está intimamente ligada a tua e que permaneça
No romper da aurora,silencia meu desejo e aumenta minha saudade
Você é tudo que sempre quis,agora vou amar e ser feliz.
Quero te falar que,não consigo mais viver um minuto sem você
Se não te tenho tudo é obscuro,sem direção,sem rumo
A saudade atormenta,o coração afugenta,assim,vou seguindo sem você do meu lado
A saudade atormenta,o sentimento afugenta e assim continuo na solidão dos meus desejos.
Júnior Freitas
Enviado por Júnior Freitas em 21/06/2006
Código do texto: T179793
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Freitas
Fortaleza - Ceará - Brasil, 27 anos
103 textos (6331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:06)
Júnior Freitas