Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sinto

Às vezes, sinto vontade de sair, me expandir e transcender.
Busco horizontes inúmeros, olho minha face diante do espelho e, por vezes, não me reconheço.
Quem sou eu?
Quem será eu?
Busco-me nesta imensidão chamada existência. Quantos nomes, quantas faces, quantos amores e desamores. Não há uma precisão. Mas, algo em mim reclama. Reclama vida, certeza e amor.
Não este amor no qual tentamos nos reconhecer. Algo maior, forte e real. Algo que ultrapassa barreiras. Destemido e corajoso. Humano e humilde.
Este amor não está construído nem limitado pelas barreiras da matéria: está em tudo, em mim e em você.
Não consigo precisar. Sinto, me emociono. Algo acontece, acontece em mim. Não tenho medo. Somente sinto, me permito e tenho a certeza de que me transforma.
E a essa transformação chamo vida!

Fernanda Leite Bião

 
Fernanda Leite Bião
Enviado por Fernanda Leite Bião em 23/06/2006
Reeditado em 09/03/2010
Código do texto: T180930

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Leite Bião
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 37 anos
74 textos (6341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:00)
Fernanda Leite Bião