Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O “poder”

Porque?
Cada vez que te encontro
Decepciono-me
Você me tirou o encanto
De olhar para você.

Você desfez minhas expectativas
Destruiu meus devaneios
Feriu minha alma
Com o seu “poder” e a sua arrogância

Mas você pode mesmo o que?
Vestir roupas de grife
Ter um carro importado
Ser admirado,somente por o seu “poder”

Que pena!
Você não tem tempo para passear
Passear entre as árvores dos parques
Contemplar a beleza do mar

Ouve os sons das ondas,parecer sussurra
Palavras de amor sobre o luar
De olhar as montanhas ao amanhecer
De sentir felicidade,sem ter que pagar.

Admirar o pôr-do-sol,no entardecer
Você não tem "poder" de realizar um sonho
Pois não tem tempo para sonhar
E tão pouco para dormir.

Não tem “poder” de sentir a brisa no rosto
Pois não tem tempo de ter atenção
Tudo passa despercebido pois você
Não tem visão.

Você é perdido na ilusão
Você não vive,porque é um escravo do “poder”
E um escravo é um preso
Que mesmo livre vive a sofrer

Elliana Alves
Enviado por Elliana Alves em 29/06/2006
Reeditado em 04/09/2006
Código do texto: T184182

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor,cite o nome do autor e o link para a obra original,cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"http://www.recantodasletras.com.br/autores/elianaalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elliana Alves
Petrolina - Pernambuco - Brasil
485 textos (98279 leituras)
4 áudios (2961 audições)
11 e-livros (1025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:05)
Elliana Alves