Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Novos fragmentos

 De mim,
o que sobrar,
sonhos,
sonetos,
saudades,
soterrem num solaçoso
sopé de serra ensolarado.
___________________________________________________________

 A resplandescência do pôr-do-sol
é simplesmente o reflexo do amor externado por teus olhos.
___________________________________________________________

 Se não olhasses tanto para o mar, menina, ele não seria tão verde!
___________________________________________________________

 Podes alumiar o céu com teus olhos; mas não deixa ensombrecido meu coração.
___________________________________________________________

 Que me ponham nas mãos cruzadas e frias um cerveja;de latinha. Bem gelada!
___________________________________________________________

 O sol não se permite fazer sombra pra minha amada;nem admite que alguém embasse sua fúlvida luz.
___________________________________________________________

 “É doce morrer no Mar”. E os diabéticos e os hipertensos?
___________________________________________________________
Chaplin
Enviado por Chaplin em 01/07/2006
Código do texto: T185736
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaplin
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
420 textos (28737 leituras)
1 áudios (130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:11)
Chaplin