Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Tempo

Já são os meses de amor,já são semanas as de saudades,já são dias o que falam,já são horas as que não passam,já são os minutos os que matam,já são segundos os que demoram,já é uma vida que se encaminha.O tempo,encarregado de curar as dores,mas também de conservá-las.Apaixonado estou,mas o tempo me sucumbe o coração,pois há tempos quero ver-te e não cessa esse tempo,corre sem se importar com o sentimento que outrora não havia neste lugar,tento ser paciente e até consigo mas vem comigo a tristeza de te amar tanto e não poder estar;de objetivar e não realizar.Meu sonho envolve-se no teu e o tempo continua aser a barreira que nos impede a transformá-lo no que quisermos,no que queremos.Sombria a noite que me faz dormir sem você do meu lado,mais cruel ainda o dia me faz sentir tanta vontade,saudade.Olho o céu e num ato de loucura procuro você,lembrei que as estrelas são ofuscadas pelo brilho do sol e somente suavizarei o que maltrata no momento em que teus olhos estiverem nos meus,teus lábios sentindo o meu amor,teu corpo envolto ao meu.Essas palavras são armas para conter a saudade que me invade,porque contar o tempo não há remédio imediato,apenas ser sensato é o que conta.Onde estiveres,estarás também meu coração.Quando meu tempo for extinto,meu amor ainda vivo falará por mim o que não poderei mais.
Júnior Freitas
Enviado por Júnior Freitas em 13/07/2006
Código do texto: T193297
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Freitas
Fortaleza - Ceará - Brasil, 27 anos
103 textos (6331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:34)
Júnior Freitas