Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visto de longe (em qualquer lugar do tempo)

Tal como um escriba cheio de relaxos, um qualquer por direito. Assim como a brisa, meu passo é disforme, incorreto até para os velhos da praça. Nasci para morar na casa mais bonita e na avenida mais distante. Por ora, há alguma objeção a esse jovem grilado ?
Um check-up nas frases feitas e trago um diagnóstico mais que  preciso. Não me coloquem no quadrilátero cubículo fechado das suas frases, Sou ora um, ora outro e dotado
de muitos meio termos. Estou entre a caneta e o papel, entre o medo e a razão  e entre o dedo da mesa semi-erguida pelos meus altos joelhos. Se nas dobras do acaso, me visse podendo escolher por outro mundo, simplesmente ignoraria esse recado de mudança. O destino não reza por mim Este sim, escolhe-me, por pura  desatenção , para uma  dança ao som de uma valsa movediça. Eis que no soletrar das notas uma esquina se muda, um homem gira e o semblante se levanta. Caro homem, sua vida mudou! Mil vivas pois a   sanidade agora dança e se balança no varal da dona  do quintal!
Michell Niero
Enviado por Michell Niero em 14/07/2006
Código do texto: T194233
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Michell Niero
Osasco - São Paulo - Brasil, 31 anos
37 textos (3064 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:03)
Michell Niero