Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIVA




13/06/1978.




Para que fazer planos?
Planos imaginários, sonhados, que só trazem desilusões?
O necessário é viver o dia de hoje, que ele existe só agora.
É preciso aproveitá-lo, percebê-lo, e curtir demais.
Porque o passado é uma fita de cinema, que não vai ser mudado jamais, que traz lembranças, saudades ou arrependimentos.
O hoje você precisa vivê-lo, pois amanhã ele não existirá mais.
E tudo será inútil, e se você não se engatar na marcha da vida, você fica para trás, pensando na fita de cinema que não será refilmada.
Tem-se que lutar, lutar para triunfar.
Pois na velhice, no fim da vida, não precisará chorar no banco das lembranças.
Se aproveitar o que está vivendo agora, acumular experiências e soluções, verá tudo isso com disposição e com um sorriso nos lábios.
Para que, quando a luz da vida for se apagando, você possa sorrir mais uma vez, de pura satisfação, e dizer:
“Vou-me realizado, pois não vi em minha vida um dia em que não aprendi. Sim, eu vivi minha vida, e bem”.


Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 24/07/2006
Código do texto: T200491

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21461 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:28)
Edilene Barroso