Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para o Amor, Não Há Hora

Eu tenho medo do futuro
Então quero o viver o agora
Sem demora
Sem a falta que você me faz
A saudade que me machucou
Agora que passou
Você se vai
Então lembro sem demora
Que tudo que amamos
Voa
Quase sempre para longe
Então tenho pressa
Pra te amar
Corro
Pra te beijar
Roubo flores todos os dias
Com medo que amanhã
Seja nostalgia
Tenho medo da paixão
Que vive sempre na contramão
No amor
De promessas vazias
Então eu finjo
Construir castelos
E quando estou com você
Adoro a que o tempo não passe
Mas a realidade é outra
Você esquece que nosso tempo
Tanto quanto nosso amor
Voa
Não posso mais ficar aqui
Já que você precisa ir
Pra longe
E noutros braços adormecer
E meus desenhos sempre serão rascunhos
Por isso que tenho medo do futuro
Porque não ter você é quase uma certeza
Então o coração morre lentamente
Em contrário a saudade que só aumenta
E o amor
Como uma fonte que nunca seca.

 
Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 31/07/2006
Código do texto: T206118
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:07)
Priscilia Nascimento