Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A graça de viver

                                                                         A graça de viver
Sorria a vida é uma dádiva que é sublime como a chuva que molha a terra profundamente fecundando até as entranhas do sutil ao grotesco.
Gostaríamos de descobrir uma chave mestra que nos mostrasse a verdade de todas as coisas. Mas, será que existe tal chave que descortina a nossa visão.
Conheço vários homens que vislumbrou através da visão um belíssimo paraíso, e este paraíso, pelo que eles contaram existem em todos os homens que possuem o coração elevado de amor, um coração expansivo, onde tudo é compreensivo.
Caro leitor se eu ti pedisse a chave para entrar no céu, você responderia que não tem.
E se eu ti respondesse que a chave é o seu próprio coração; são as atitudes que infinitamente saem do centro do coração e expande por todos os lados formando um grande circulo que abrange toda ignorância humana.
Enfim, caro leitor você tem a chave mestra, somente não aprendeu a usa-la.
A graça de viver é respeitar o Criador e poder admirar as suas belas criações.
Vejo a graça de viver como liberdade de expressão, assim como o fruto que esta madura.
Percebe que viver é a graça mais sutilmente encantadora e perigosa ao rever conceitos profundos que nos leva as temeridades, e que nos deixam apreensivos pelo fato de ser proibido de ser feliz nos tempos de hoje.
Viver pela graça é ser mágico e eternizar o tempo no espelho da vida.
A graça de viver é extremamente eficaz do ponto de vista humano que nos surpreenda pelo modo que encara a vida conturbada e deturpada em que vivemos.
A graça de viver é um relâmpago da boa sorte que nos sopra os ventos tropicais que nos sutilizam através de uma leveza sobre a alma.
A graça de viver é ser sincera com você e para com outros que nos alegra com a sua presença de espírito e poder sentir a corrente da harmonia que vibra em cada um.
Supões que a graça de viver é simplesmente amar e ser correspondido no velho tinto do amor, ou seja, a tintura deve ser apaixonante capaz de elevar a alma para um pequeno canteiro de flores..
Marck Sosza
Enviado por Marck Sosza em 07/08/2006
Código do texto: T211158
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marck Sosza
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 55 anos
149 textos (12323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:08)