Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Laura APUD Alessandra

Mãe, Te amo muito! As vezes penso o quão difícil é ser mãe de verdade... Quanta responsabilidade... Eterna!!! É como a florzinha do pequeno príncipe que será sempre responsável pelo que amor cultivou... até que a florzinha morra, mas ela é tão sentimental... assim como eu... as vezes penso que deve ser díficil ser minha mãe... As letrinhas do teclado ficam embaçadas pelos meus olhos marejados de amor por você. Obrigada por me trazer!!Beijos Lêz

Fui a fundo no meu comentário e trouxe parte do livro Pequeno Príncipe do Saint Exupéry, que a princípio parece futil e ingênuo, mas como próprio autor diz não pode ser lido superficialmente....

Aí vão as melhores partes (que eu considero): "-É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. Dizem que são belas! Do contrário, quem virá visitar-me? Tú estás longe.... Quanto aos bichos grandes, não tenho medo deles. eu tenho as minhas garras. E ela mostrava ingenuamente seus quatro espinhos. Em seguida acrescentou: - Não demores assim, que é exasperante. Tu decidiste partir. Então vai! Pois ela não queria que ele a visse chorar. Era uma flor muito orgulhosa...

"-Sois belas, mas vazias - continuou ele. -Não se pode morrer por vós. Um passante qualquer sem dúvida pensaria que a minha rosa se parece convosco. Ela é sozinha é, porém mais importante que todas vós, pois foi ela que quem eu reguei. Foi ela quem pus sob a redoma. Foi ela que abriguei com o pára-vento. Foi nela que eu matei as larvas (exceto duas ou três por causa das borboletas). Foi ela quem eu escutei queixar-se ou gabar-se, ou mesmo calar-se algumas vezes. Já que ela é minha rosa. ...- Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração O essencial é invisível aos olhos." Como havia dito no primeiro comentário (ontem): Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas. Tu és responsável pela tua rosa. Beijos Alê
Laura Goulart
Enviado por Laura Goulart em 08/08/2006
Reeditado em 02/09/2006
Código do texto: T212117

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Goulart
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
416 textos (23971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:08)
Laura Goulart