Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Correlação da Velhice com a Arrogância


Certo dia, há alguns meses atrás, eu vi um anúncio num jornal a respeito de um emprego na área de arquitetura e, apesar de já estar trabalhando, fiquei interessado numa das vagas oferecidas. Empolgado, peguei o meu currículo e fui a tal empresa. Adentrei o recinto e fui atendido educadamente por um funcionário que me pediu para aguardar um pouco, pois iria chamar o seu chefe. Depois de alguns minutos sentado, surgiu um senhora vindo da rua e bateu na porta de vidro, trancada pelo funcionário.

Acenava, perguntando-me se aquela empresa era um novo supermercado pois não havia placa alguma na frente desta. Eu afirmei-lhe que era uma nova construtora e não um supermercado. Furiosa, a senhora ordenou-me que me levantasse da cadeira, abrisse a porta e me explicasse o que eu estava dizendo, pois ela não estava ouvindo nada.

Levantei-me, caminhei calmamente até a porta, distante da cadeira apenas 1,50 metro. Chegando lá, expliquei-lhe novamente a mesma coisa. Aí sim ela se deu por satisfeita e foi embora, sem pedir desculpa alguma pelo tratamento grosseiro. Nunca esquecerei as palavras "sensíveis" dessa senhora: " Levante-se, "menino", vem me dizer aqui! Vamos!!!

Pois bem, é com essa breve história verídica que abro esse pensamento. Não precisei criar nada, nem tampouco enfeitar, isso realmente aconteceu. E sei que muita gente já passou por algo parecido. Então, pergunto-vos: Foi justa a atitude dessa senhora? A qual nunca vi na vida.

Refletindo profundamente sobre o assunto, observo que os anos de vida influenciam no aumento progressivo (e desmedido) da vaidade. E uma parte das pessoas não sabe lidar com isso. Tais pessoas que pensam que por terem mais idade podem humilhar os mais jovens. Podem desrespeita-los de todas as formas possíveis e ainda julgam que estão no seu direito.

É, caríssimos, o ser humano é de fato uma criatura bastante complexa. A velhice, que deveria ser sinônimo de sabedoria e serenidade, tornou-se, para muitos, um sinônimo de arrogância e ofensas. Julgo que o homem tem que aprender a envelhecer, amadurecendo suas relações socias, sendo mais tolerante, mais compreensivo com todos, principalmente com os mais jovens. Devem lembrar que também já foram jovens. E o mais importante ter a humildade de dizer: "Desculpe-me, rapaz". Ou então: "É, meu jovem, realmente você tem razão."




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 11/08/2006
Reeditado em 11/08/2006
Código do texto: T214045
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55949 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:56)
Fábio Pacheco