Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um mundo meu, que pode ser teu...

Ao olhar acalentamente o Mar,
Como se as ondas mo quisessem algo dizer,
Por medo de auscultar algo que as feridas pudessem abrir,
E a acaso não suportar as lágrimas acabariam por cair,
Na face a percorrer,
Reavivando um passado que muito me deu de bom,
Mas de repente...
Uma abrupta actitude acabou por fazer meu castelo desmoronar, O qual achava alicerçado estar,
Foram dias de abismos,
Desfiladeiros os quais a saída não conseguia ver...
De repente uma Luz,
Era Deus a transpor em meus pensamentos que
A vida era um presente precioso
E que estava a deixá-la de lado,
E por vezes tem destas coisas ruins,
Mas que deveria com isso aprender,
Tirar a minha grande lição,
Conclusão os sonhos eram perfeitos e grandiosos,
As expectativas é que se superaram em relação
A pequena pessoa que se afastou...
Era algo inexplicável e ou imperceptível,
Mas para que procurar explicações e ou entendimento,
É preciso vivenciar e aprender...

Carolzita
Enviado por Carolzita em 18/08/2006
Código do texto: T219675

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caroline Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 42 anos
453 textos (61655 leituras)
5 e-livros (749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:17)
Carolzita