Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A distancia que nos separa

                                               A distancia que nos separa
Eu vejo que essa distancia é infinita para mim, porque, estou num caminho que não possui lacunas ou portas; não possui volta. Estou numa vertical crescente, os meus olhos, só tem uma visão a luz no fundo do abismo.
Esse caminho é como uma gota de água, que cai da chuva e se perde lá embaixo no imenso mar. Eu sei que vocês, sempre estarão comigo, porque, exatamente a minha atitude me leva amá-los – com uma imensa benção roubada do mundo divino.
Eu também tenho consciência que as sementes que florescem, juntamente, com o sol da primavera já estão florindo. Eu posso sentir a gratidão das vossas almas que ao ler as minhas idéias, tornaram possíveis, a entrega nesse mundo invisível, que vocês, ainda não conhece, mas, é por pouco tempo. A vida que é a essência primeira irá dar a vocês o grau da escada que cada um se encontra no momento. Eu não sou pessimista, como a maioria, porque, acredito na hierarquia divina. Tudo que é praticado sob a claridade do sol e da lua é acompanhado e permitido por essa hierarquia.
Faça os atos, ou pratique com perseverança, como fosse o ultimo de sua existência, pois não deixe Deus, sem esperança de encontrar um filho legitimo, justo, honesto, nobre e alegre como um desabrochar de um botão de rosas.
A distancia que nos separa é que eu caminho verticalmente e com passos de tartaruga; eu vejo com os conhecimentos que eu adquiri ou simplesmente “o sofrimento que já passei”, transformou a minha alma madura para receber o “verbo vivo” aquele que fala por toda a humanidade.

A
Marck Sosza
Enviado por Marck Sosza em 28/08/2006
Código do texto: T227459
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marck Sosza
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 55 anos
149 textos (12330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:08)