Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O menino que virou homem

                                               O menino que virou homem
Esse menino vivia num mundo angelical; onde tudo era maravilhoso e festivo.
Era sem duvida um mundo imaginativo, pois pertenciam ao primeiro principio da imaginação. Ele vivia fazendo festas ao luar, pois a lua era a magia faceira e destemida.
A sua vontade nascera da possibilidade de entender os encantos da lua ou seus feitiços capazes de mudar seus pensamentos.
Toda a sua vida era constituída e fundamentada na magia sagrada dos milagres que os deuses se faziam reconhecer as suas virtudes.
Esse menino desenvolveu as virtudes desses deuses e se fechou em seu mundo imaginário; somente saiu quando foi jogado no jogo desse mundo tenebroso; onde serpentes engolem serpentes. Para esse menino a verdade sempre foi justa, ele não conhecia a maldade que os seres humanos fossem recriar para alcançar seus objetivos egoístas. Quando esse menino saiu de seu mundo, porque, também, devia conhecer o outro lado do paraíso e da magia faceira que era a única comida sagrada que alimentava o seu espírito; transformou tudo e ficou sujo, molhado por uma água envenenada; simplesmente uma historia que nunca disseram para mim e acordei; vi no espelho da natureza e pude ver a transformação que o meu ser se transformou. Era o chamado da deusa da velhice, pedindo para que eu visse o homem que o meu ser se fez; em justiça e em honestidade. Essa transformação se fez necessário para que o meu ser pudesse ser temperado com a luz e a escuridão.
Enfim, o menino virou homem e aceitou participar da hierarquia da evolução espiritual
.
Marck Sosza
Enviado por Marck Sosza em 07/09/2006
Código do texto: T235031
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marck Sosza
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 55 anos
149 textos (12331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:27)