Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APATIAS

Fixei os teus olhos de encanto,
De madre-pérola, de pranto,
De ansiedade mal contida....
Fixei as tuas mãos que tremiam,
Em vagas... noz... que diziam,
O quanto estavas perdida !!!...

Sussurraste amor ao ouvido,
Choraste, molhaste o tecido,
De uma saia que bordaste....
Pensaste, ouviste, ‘morreste’,
Deste ouvidos a sul e a leste,
Fizeste sumir quem amaste !!!...

Turvaste mares de cristal,
Puseste açucar no sal,
Mordeste um lábio já ferido...
Amaste e desamaste num dia,
Colaste ao corpo água fria,
Sovaste um corpo caído !!!...

Vai e não olhes para traz,
Pinta a vida de água-raz,
Anula os teus desesperos...
Percorre campos de rosas,
Não chores enquanto gozas,
Os prazeres dos teus esmeros !!!...
Ângelo Gomes
Enviado por Ângelo Gomes em 09/09/2006
Código do texto: T236353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ângelo Gomes
Portugal, 64 anos
553 textos (7881 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:21)
Ângelo Gomes