Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amando a todos os homens




11 de maio de 2005.



Então domingo último foi novamente o Dia das Mães.
Cumprimentei mentalmente todas as mães do mundo, e mandei-lhes um beijo fraterno.
Aquele beijo cúmplice, de quem sabe do que está falando, de quem sabe o que se está vivendo.
Foi um dos Dias das Mães mais felizes que já tive.
E desde então, estou me sentindo grávida.
Grávida de amor... uma forma indefinida que nasceu em meu ventre e se comunica com meu cérebro, como se realmente grávida eu estivesse.
A maternidade maior que já senti... amando o mundo, todas as pessoas, muito mais.
Amando todas as mães, pais, filhos, mulheres e homens.
Principalmente os homens.
Pobres homens... tão carentes, tão crianças, tão dependentes.
Que querem conquistar a todas as mulheres, mas se assustam com a força de apenas uma delas.
Que só querem satisfação imediata, mas compartilhada, com a mulher.
Seres felizes, bem mais que a maioria das mulheres, tão inseguras, autocríticas.
Talvez porque nasçamos ligadas intimamente ao ciclo nascimento-vida-morte-renascimento...
Talvez por carregarmos o fardo da vida, da continuação da espécie, da educação do mundo...
Pelo mundo depender de nosso amor e abnegação, nossa força e nossa suavidade, nossa resignação...
Sinto-me grávida de todos os homens do mundo... queria poder protegê-los, cuidá-los, alimentá-los e amá-los, a todos...
Queria que todos os homens no mundo tivessem uma mãe, uma mulher, uma amante, que os cuidasse como eu gostaria de poder cuidar agora....
É tão pouco o que pedem...
São tão simples seus anseios...
Seres otimistas, narcisistas, eternamente adolescentes, maravilhosos homens.
Sinto-me grávida de amor... sinto-me mãe de todos os homens... sinto-me transbordando de amor, amando a todos os homens.


Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 17/09/2006
Código do texto: T242098

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21460 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:28)
Edilene Barroso