Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Partilhando um pensamento





O que é ser ‘poeta’ ou ‘escritor’?
Terá de ser alguém licenciado em letras, comunicação social, filosofia?
Alguém doutorado e conhecedor profundo da arte da escrita?

Na minha opinião (e friso bem que é apenas a minha opinião), para ser ‘poeta, terá realmente pelo menos de saber diferenciar um ‘acróstico’ de uma ‘ciranda’ ou uma ‘poesia’ de uma ‘prosa’.
Para ser 'escritor' tem acima de tudo de ter uma razoável cultura geral e muita imaginação (no caso dos romancistas de ficção), além de escreverem com o intuito de publicar e ‘viver’ disso, de seus lucros.

Por esse motivo existem os profissionais e os amadores(poetas e escritores)!
O que os diferencia'? O reconhecimento e o lucro. Uns ganham com o que escrevem, seja muito ou pouco dinheiro. Pois sustentam-se disso ,total ou parcialmente!
Os outros apenas ganham  elogios a seus poemas ou crónicas,e a satisfação de partilharem entre si o que escrevem e seus respectivos comentários.Alguns sonhando  com o reconhecimento de seus trabalhos.

Mas muitos bons poetas(entre eles ,os chamados poetas populares) não eram licenciados em nada,eram doutorados na arte da vida,do dia-a-dia,e tão belos poemas escreveram!
Dou como exemplo António Aleixo,conhecido poeta Algarvio.

Quanto a mim,sinto minha alma poeta,e isso impulsiona-me a escrever,o que sinto,vejo,prevejo ou sonho.
Sou uma romantica,uma sonhadora...que vê a vida para além do que lhe mostram seus olhos!
Isso é o que penso sobre o "ser poeta".

Por isso, quanto a ser poetisa,talvez até o seja!

Existem muitos poetas e poetisas anónimos,na minha opinião, de enorme valor, pois como eu, escrevem com a alma, de coração aberto, apenas por paixão á poesia!
Na maioria das vezes não são devidamente reconhecidos!

Por agora o prémio que mais ambiciono é ao escreverem-me dizerem ter gostado do que escrevi, e principalmente que se ‘identificaram’ com algum dos poemas, é uma alegria, de tal forma que nem vos poderei explicar por palavras.

Se um dia ambicionar ser poetisa, escritora ou cronista profissional,(em resumo: se quiser ganhar dinheiro com minha escrita!), muito terei ainda de aprender, pesquisando e lendo muito mais do que fiz até hoje.E ter a sorte de ser reconhecida e aceite pelos leitores!

Pelos motivos que frisei, não posso aceitar chamarem-me escritora...seria uma ‘afronta’ aos verdadeiros profissionais .

Mas de poetisa já sou chamada!
Talvez por minha poesia agradar a quem me chama de tal!
Não por ganhar qualquer dinheiro com isso!

Talvez também venha a ‘lutar’ por merecer ser chamada de escritora!




Fátima Rodrigues
Fatima Rodrigues
Enviado por Fatima Rodrigues em 19/09/2006
Código do texto: T243788

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fatima Rodrigues
Portugal, 56 anos
459 textos (21068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:42)
Fatima Rodrigues