Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pr'os que vomitam.

Calma aí, cowboy, esse é só um ângulo. No final, não importa o que se pensa ou o que se pensa pensar. São tantos os outros pontos. Prisma um pouquinho, vai, beibe, prisma. Joga lá longe e decide. Eu não decidi. Foda-se o que eu penso, - sei que existe Antares - mas você ainda não percebeu como as coisas giram, rodam. O moinho e o pião também, sabe ? Rodam.
... no final tudo roda, não importa. Ouve. Não é que não importe porque roda ou que rodar é sinônimo de não importar. É que ... ah, foda-se. Foda-me, sei lá ... não importa. Roda. Ouve.
Cansou, sabe ? Parar, pensar, refletir, repensar e o caralho a quatro. Não é desabafo. Quem sou eu perto de Antares ? Que c'est ? C'est la vie e o diabo ... No more drama. Ûhl-firscher dollik. Ouve.
... tira esse brilho opaco da cara. Não fica tão longe e tão perto de si mesmo. Olha pro espelho e vê além do monte de comida e roupas que tá ali ... vê além ... Houve, sabe ?

... chega ... vai ... fala ... fala que eu te escuto.
e, mesmo que escute ... sabe? ... não importa.
Komoundoros
Enviado por Komoundoros em 19/09/2006
Código do texto: T244500
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Komoundoros
Pindamonhangaba - São Paulo - Brasil, 28 anos
11 textos (251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:38)
Komoundoros