Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo o que te devora

Recordar é viver, mas certas coisas hão de ser esquecidas.
Às vezes o erro é mais embaixo, não bastam vontade e uma borracha. Só o tempo cura, mas pode ser que ele encontre alguns empecilhos pelo caminho, e a jornada se torne mais longa do que deveria.
Foi a dor que me ensinou a ser quem sou.
Faça dessa jornada um aprendizado. Quando tudo passar, você verá quão forte foi e quantas pessoas se rebaixaram para chega em lugar algum, enquanto você está no altar.
A chave de tudo é a valorização pessoal, juntamente com a índole.
Os atos refletem a pessoa, portanto faça coisas que se orgulhará depois.
É tão bom vê-los no fundo do poço. Um poço que nem sabem que estão, mas eu sei. Eu vi tudo de perto, eu fui a vítima.
Como poderia uma vítima dar a volta por cima? É doloroso e possível.
Eu me orgulho do que sou e do que fiz, inclusive do que deixei de fazer.
Não se arrependa de nada, mas se isso aconter, ouça sua mente e não seu coração. Não seja impulsivo.
Eu não tenho dó, nem piedade. Quanto mais se ajoelhar à meus pés, mais vou rir de todos os seus erros.
... e ainda faço você crer e perceber tudo que te devora.
Thabata Guerra
Enviado por Thabata Guerra em 20/09/2006
Código do texto: T244760

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thabata Guerra
São Paulo - São Paulo - Brasil
65 textos (4115 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:51)
Thabata Guerra