Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEXTO ACHADOS E PERDIDOS

Texto do achados e perdidos


Diário de um lunático:

Um individuo numa conversa com um amigo, comentou
___Minha vida ficou anos numa gaveta...
___Numa gaveta?  Risos...
Seria apenas uma exclamação se a frase não tivesse uma certa dose de ironia.
___É. Numa gaveta! De um armário qualquer, sem perfume e sem cor. Por que o espanto?
___Cara, o que é isso?
___Marca da vida ou destino...Sei lá.
___O que te faz pensar assim?
___Não é o que me faz pensar assim, mas o que me faz sentir assim...
“A essa altura do dialogo o lunático, começava a se mostrar”.
___Ta. Seja lá o que for, não está me parecendo muito normal o que me contas.
___Nada na minha vida acontece de forma muito normal, isso que te contei, por exemplo.
Não seria normal se ainda estivesse naquela gaveta, sufocado pela falta de ar; me decompondo pela falta de espaço, passando mal por estar inalando tanta poeira.
       O mais incrível é que essa gaveta não tinha chave, mas, no entanto todos passavam por ela e nunca tinham a curiosidade de abri-la.
        Com o tempo a ação das traças se tornou inevitável, quase que deteriorando toda a minha história.
___Ta legal. E aí...
___Calma!
___Não vai continuar?
___Até que numa tarde de inverno o destino adentrou esta casa e sutilmente abriu quase que totalmente esta gaveta. Para minha surpresa, uma vez que estava fraco, debilitado e sem força suficiente para sair da gaveta; Quando dei por mim estava quase que totalmente fora da mesma.
Quando me vi a vislumbrar este mundo. Não acreditei que pudesse estar voltando a este mundo. Mundo de sonhos, emoções e de tantas coisas maravilhosas.
       Estava ansioso por poder, mesmo que de uma forma quase que infantil retomar minha história, voltar a ter uma forma, um jeito, um modo de ser.’
Imagina só cara, poder retomar uma história que estava a tempos numa gaveta, Não te parece algo, assim, além do que podes imaginar?
___Com certeza.Isto que me contas é algo difícil de acreditar.
___Mas pode acreditar. Embora a gaveta não esteja totalmente aberta, e eu ainda tenha parte de mim nesta gaveta; a sensação que tenho é que o destino vai voltar e abrir totalmente esta gaveta...





carlos pimentel
Enviado por carlos pimentel em 22/09/2006
Reeditado em 22/09/2006
Código do texto: T246371
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos pimentel
Cascavel - Paraná - Brasil
123 textos (6684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:21)