Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMAR DEMAIS

Quando a frase mais comum sempre é a de colocar o outro como centro das atenções, como  razão da existência, é preciso reavaliar o amor. O amor não pode ser sinônimo de posse, de direito de propriedade. Amar é, sim, querer compartilhar a vida com o outro, mas não deixar de existir em função dele. O amor não vem desacompanhado de problemas, dores e angústias. Muito pelo contrário, amar pressupõe ter coragem, ter determinação. Não se pode amar sem conhecer a quem se é, e quem é o outro. Como isso é muito difícil, o amor é, e sempre será, sinônimo de contradição.
Marcos Rohfe
Enviado por Marcos Rohfe em 28/09/2006
Código do texto: T251821

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Rohfe
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 46 anos
107 textos (10404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:45)
Marcos Rohfe