Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Percepções - As Pequens Mortes

"E reforçava sempre dentro de si que nada mais nem ninguém lhe valeria um tempo ou um esforço, uma mão estendida ou um sorriso no rosto... Não mais dispunha da solidariedade ou fraternidade, simpatia e amizade que antes lhes eram naturais..."  ** by ana K **


Assoma o sussurro, verbo escuro... Pequena Morte.
Passamos por várias durante a vida.
A platéia vazia. Cortinas se fecham.
Encerra-se um ato. E uma nova existência inicia.
No vislumbrar que a vida é plena de ciclos.
Ondas de choque, ventos fortes, temporais.
Quando nos damos conta do início do fim,
o medo, o pânico do encontro com o Nada.
Então a salvação aflora da impermanência das coisas.
Quando percebemos o transitório de tudo, evanescente...
Inclusive certos estados de não-sentimento.
Mas aquilo que vive é de natureza incansável.
O humano em nós se eterniza.
Cada vez mais liberto. Mais sábio.
Puro e belo como um animal selvagem.
Fênix assim.

Claudia Gadini
29.09.06
Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 29/09/2006
Reeditado em 22/06/2016
Código do texto: T252045
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:45)
Claudia Gadini