Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AOS POUCOS

Aos poucos vou percebendo,
De tudo que está acontecendo
Aos poucos tua máscara cai
E tudo que tivemos se vai
Aos poucos vem um vazio
E no meu corpo sinto calafrio
Aos poucos vejo desmoronar
Todos os sonhos
Que poderíamos realizar
Fantasia da minha mente
De um amor sem fim
Na realidade é o mundo
Desabando em mim
Aos poucos vou percebendo
Que o dia está raiando
E dos meus olhos,
As lágrima vão brotando
Para lavar minha alma
Para então eu perceber
Que tu foste embora
Para que nunca mais
Eu possa ver
Sonyah Vaz
Enviado por Sonyah Vaz em 01/10/2006
Reeditado em 11/11/2006
Código do texto: T253952

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sonyah Vaz www.sonyahvaz.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonyah Vaz
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
56 textos (4355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:02)
Sonyah Vaz