Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REFUGIO MEU!!!


NO FUNDO DO POSSO...
AINDA DA PARA VER A LUZ,
QUE SE IRRADIA NA IMENSIDÃO,
UM TÚNEL ABERTO NO TEMPO COM DIREÇÃO RETA,
PARA O AZUL DO CÉU,
INFINITO MISTÉRIO QUE EU NÃO CONSIGO ALCANÇAR,
POIS NÃO TENHO AZAS PARA VOAR...
TENHO QUE ESPERAR...
ATE MEU ANJO PLAINAR!!!
E SOBREVOAR O TÚNEL ONDE CAI!!!
E PARECE QUE POR MAIS QUE EU TENTE NÃO CONSIGO SAIR...
OUSO O ECO DOS MEUS PENSAMENTOS...
NEM TÃO FRIO, NEM TÃO QUENTE...
APENAS UM POÇO, EU E MEUS PENSAMENTOS...
AINDA QUE ESTE POÇO TENHA FUNDO...
VISLUMBRAR O NASCER DO SOL, E VER SEUS RAIOS INFILTRAREM
ATRAVÉS DAS TEIAS, QUE PEQUENAS ARANHAS TECEM,
COMO MUITOS TECEM A VIDA, AGUARDANDO SUAS PRESAS...
ALEM DESTA ESCURIDÃO QUE A NOITE ACALENTA...
A NOSTALGIA DE UM VIVER...
E ÀS VEZES ME PERGUNTO.
- ESTE POÇO É REFUGIO OU UMA OPÇÃO???
AS PAREDES GALGADAS E ARRANHADAS, DAS INÚMERAS TENTATIVAS...
MAS SE FOSSE NO TOPO DO MUNDO, OU EM UM ARRANHA-CÉU...
A VISTA SERIA MAIS AMPLA, E AINDA ASSIM NÃO PODERIA VOAR, POIS NÃO TENHO AZAS...
TENHO QUE ESPERAR MEU ANJO PLAINAR...
VINDO DESTE INFINITO QUE ME CONVIDA...
E É TÃO MISTERIOSO QUE NÃO CONSIGO ALCANÇAR...
MAIS UM DIA MEU ANJO VIRA!!!
mara
Enviado por mara em 04/10/2006
Código do texto: T256115
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
mara
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 47 anos
442 textos (17299 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:19)
mara