Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento."
Clarice Lispector

De facto quando percebemos que as intenções eram perfeitas, 
claramente concluímos  que as pessoas não, 
desta maneira deixamos cair em um abismo irrefutável, 
a lamentar de facto acreditar, crer que o amor pudesse surgir, 
e ainda o pior a revelação de que as pessoas estão preocupadas simplesmente com o que somos e representamos para a sociedade...
E não para o dia a dia, o dar e receber, compartilhando, realmente assumir, tipo história de amor: 
Andar de mãos dadas, surpreender com factos, factores, actos e acções, 
Provocar reacções, transcender, 
Realmente é sublime proporcionar a alguém... 
Viver um grande amor... 
Regado com uma inebriente paixão... 
Carinhos...
Atentamos então para o facto que  o hábito e a rotina acostumaram mal as pessoas..
Ao caminhar e pensar o mar mostra-me que o que somos e sabemos representa uma pequena gota no oceano... 
E o viver esta acima de qualquer limite relevante do estar... 
Ai pensamos o que fazer com o que restou de nós, pois depois que  tiraram algo que acreditavamos  resta-nos  de facto juntar os cacos...
Sempre acontece, castelos construidos em sítios pouco fiáveis estruturalmente a nível arquitetônico, parte vil... 
Mas o mais triste é de facto sentirmo-nos  objecto do acaso, 
Remédio para as horas de dor, 
Pão para o faminto, 
Tipo ser a fulga de alguém no somente no momento que este leva em conta a necessidade da presença... 
E ocasiona subitamente em nós a ausência, a solidão, a saudade, e a dolorosa 
auto-piedade...
Carolzita
Enviado por Carolzita em 04/10/2006
Reeditado em 04/10/2006
Código do texto: T256440

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caroline Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 42 anos
453 textos (61659 leituras)
5 e-livros (749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:41)
Carolzita