Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


SOLIDÃO MOLHADA


     Que não passe um só instante sem que o vento beije a face do mar... É muito triste sentir-se só. Mas que o vento venha no ritmo que ele quiser, com a velocidade ou com a calma que ele bem entender, pois não é o excesso de movimento que traz companhia. Às vezes uma simples, leve e pequena brisa acaricia de tal modo a pele do mar que ele só falta morrer afogado de tanta alegria molhada.
Iguaçu
Enviado por Iguaçu em 07/10/2006
Reeditado em 22/11/2006
Código do texto: T258214

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Iguaçu
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil
118 textos (9999 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:14)