Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
TEIMOSIA

Teimosia que condena. Teimosia que cega. Por teimosia continuo vivendo esta historia. Continuo me ferindo com suas palavras. Ironicamente confirmando um amor que se perdera. Espero o cansaco chegar e lhe mostrar um novo caminho a seguir. Deixo o conduzir toda a nossa historia. Deixo o destruir tudo que ha de bom. Por carpricho permito me viver a esta maneira. Por caminhos desconhecidos afogo minhas magoas. Beijo desconhecidos, faco amor. Nesta frustracao vou sobrivivendo com os cacos. Aceitando as migalhas. Feliz sou quando me perco em minhas ilusoes. Sonhos confortam me. Por saber que ha em algum lugar que voce nao esteja. Por saber que poderei caminhar sem seu olhar critico, ser uma criatura livre. Havera um dia que me libertarei, que poderei novamente assumir as redeas da minha vida, entao ja nada podera fazer. Tao pouco suas ameacas ceifaram minha ansia de liberdade.
CAMOMILLA HASSAN
Enviado por CAMOMILLA HASSAN em 09/10/2006
Reeditado em 01/08/2009
Código do texto: T259869

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CAMOMILLA HASSAN
Atibaia - São Paulo - Brasil, 36 anos
1308 textos (159160 leituras)
29 áudios (11795 audições)
5 e-livros (510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:18)
CAMOMILLA HASSAN