Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conformismo

Você já parou para pensar no quanto nos deixamos envolver pelo conformismo? Isso mesmo, somos  levados a nos conformar com tudo.
Nos conformamos com as crises.
Nos conformamos quando vemos pessoas vivendo como animais, longe da condição humana.
Nos conformamos quando vemos crianças "soltas" pelo mundo, sem família, sem casa, sem o mínimo necessário para um desenvolvimento saudável.
Nos conformamos quando vemos idosos sendo injustiçados em filas sem fim por um atendimento médico, sendo tratados como "coisas velhas" e não como pessoas experientes, sábias, dignas e merecedoras de  todo nosso respeito e consideração.
Nos conformamos quando vemos a violência imperando nas ruas, nas famílias, na sociedade onde somos obrigados a viver "enjaulados" em nossas próprias casas.
Nos conformamos quando vemos o desemprego feroz avançando sobre uma população inteira, tirando do ser humano o direito que lhe é devido de ter um trabalho com o qual possa sustentar-se e manter-se dignamente.
Nos conformamos com assassinatos, assaltos, estupros, abortos descontrolados e  clandestinos.
Nos conformamos com traições, mentiras, destruições, subornos. Vemos e presenciamos o tráfico de drogas, de mulheres, crianças e também nos conformamos.
Nos conformamos quando vemos mentes que poderiam ser brilhantes, atrofiando-se em fanatismo, egoísmo e submissão.
Nos conformamos quando vemos o cansaço, decepção, angústia, estampados nos rostos das pessoas.
Nos conformamos com o conformismo ao qual somos sentenciados a "não viver a vida plenamente" - e vivemos.
Se “conformar-se” for a lei, melhor então a subversão. Tirar as amarras que nos prendem, quebrar as correntes, derrubar as paredes e nos libertar, pois o conformismo nada mais é que  uma forma muito triste de viver a cada dia a morte da vida. E se tivermos que nos conformar com alguma coisa, conformemo-nos com o destino guerreiro que trazemos conosco, em nossa essência e comecemos nossa luta por um mundo melhor.
Aisha
Enviado por Aisha em 20/06/2005
Reeditado em 17/11/2009
Código do texto: T26107
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35173 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:13)
Aisha