Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um vulto me susurrou

Hoje na penumbra da noite,um vulto veio me susurrar,num medo estremecedor,sua voz me dizia,que devia continuar,na hora um pesadelo me tomou,ví o que podia e sentí o que nunca havia antes.Num universo desconhecido,minha voz silenciou,emergiu do nada,algo incomum,tudo que era e não é mais,naquele instante as sombras sairam de tua caverna e a Luz brotou em um minuto de conciência,despertou em meu ser aquilo que nada entendia,a sabedoria conteve minhas emoções,pude perceber que nem tudo era estranho,passo a passo,no compasso do Grande Mestre,as verdades vieram a meu encontro e as dúvidas foram se esvarindo na mesma escuridão.
JOÃO MOLON NETO
Enviado por JOÃO MOLON NETO em 15/10/2006
Reeditado em 04/04/2008
Código do texto: T264671

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Molon Neto (Cavaleiro da Luz) /www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOÃO MOLON NETO
Franco da Rocha - São Paulo - Brasil, 34 anos
331 textos (17217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:22)
JOÃO MOLON NETO