Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESSE CARA>>>

 Me expulse da sua vida. Depois nao se embriague e venha me dizer que sou seu grande amor. Nao me olhe como cao sem dono. Dizendo seu discurso que para tantas outras ja dito. Sei que e um cafageste, um eximio conquistador. Por esta que me perco em voce. Por esta que ja nao choro quando diz que e a ultima vez, que esta e somente uma despedida. Tao falsas como suas promessas, sao suas verdades. Todo sentimento e tao passageiro quanto a direcao do vento. Assim vou me envolvendo, vou permitindo que se perca em meus lencois, que divida sua carencia. Seus olhos tem o poder de desarmar me, fazer com que eu permita ainda a estar com voce. Mesmo sabendo que tudo e ilusao, que tudo nao me levara a lugar algum. Nao ha como se negar a delicia que e estar em seus bracos, rir das suas piadas sem nexo. Fazer amor e depois ve-lo saindo e dizendo adeus. E voltando instantes depois para o cafe. Voce e assim desprendido de qualquer limite, desprovido de bom senso. Entra e sai da historia da minha vida sem nada prometer, mas sempre tendo algo bom para me divertir. Tendo esta docura de consiguir o que se propoe. A me fazer rir mesmo que eu esteja zangada, mesmo que eu o tenha espulsado. Voce mansamente quebranta meu genio, vai ficando e se acomodando. Quando parece que consigui manda-lo embora, que nada voce some por alguns dias e volta. Volta radiante como moleque travesso apos uma arte.
CAMOMILLA HASSAN
Enviado por CAMOMILLA HASSAN em 15/10/2006
Código do texto: T264713

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CAMOMILLA HASSAN
Atibaia - São Paulo - Brasil, 36 anos
1308 textos (159159 leituras)
29 áudios (11795 audições)
5 e-livros (510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:14)
CAMOMILLA HASSAN