Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRANHO SER...

 

MUTANTE DE NATUREZA...
RARA BELEZA...
MEIO DOCE MEIO AMARGO...
VAI E VOLTA...
CORAÇÃO EM FOGO, CHORA...
A ÚNICA RESPOSTA É A QUE TRÁS NO OLHAR...
NÃO TEM PERGUNTAS, QUE NÃO FOSSEM FORMAS DE SONDAR...
AONDE ANDA NÃO DEIXA MARCAS...
LOGO ESQUECIDO SERÁ...
QUEM PARTE DEIXA SAUDADE,
NO ESQUECIMENTO, NEM OS LAMENTOS VÃO ECOAR...
        ..."HÁ DOCE É A MENTIRA"...
DE ENCANTO E DESENCANTO...DISFARCE DA VERDADE...
PRANTO, CORRENTES, ANCORA AO MAR,
A TORMENTA ESTA PERTO,ADERIVA MINHA VIDA...
A ANCORA JA NÃO PODE SEGURAR...
ABRE-SE OS GRILHÕES DAS MASMORRAS,
O BARCO VAI AFUNDAR!!!
SOLTA-SE AS MÃOS AMARRADAS AOS REMOS...
COMO É ULTIMO MOMENTO,
      ..."SALVE-SE QUEM PUDER NADAR"...
TUDO ESTA PERDIDO...O BARCO ESTA PARTIDO...
O MUTANTE VAI SOBREVIVER?!.
mara
Enviado por mara em 16/10/2006
Código do texto: T265976
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
mara
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 47 anos
442 textos (17299 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:57)
mara