Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOFRIMENTO QUANDO SE AMA?

Dizem que sofremos pelo sentimento "apego".
Que é ele que nos aprisiona, nos torna reféns de nós mesmos.
Queremos prender, reter, segurar, os momentos bons, o que passou, as pessoas, ou alguma em especial, e assim vai.
Mas soltar é tão difícil!
Soltar é abrir mão de algo ou alguém que estava fora de nós mas nos fazia tão bem que nos preenchia.
Grande engano que nos faz sofrer, pois as mudanças parecem inevitáveis.
A vida parece feita de ciclos que se iniciam e se fecham e quando isso acontece, por mais que venhamos a chorar, lamentar, sentir tristeza, dor, nada e mais nada, altera o que já não é mais.
E isso dói!!! Como dói!!!
E o que fazer???
Parece que cada um tem sua maneira própria de lidar com o próprio vazio, com os enganos, com a desilusão, etc...
Viagem interna...
Mergunho íntimo que pelo jeito é muito complicado pois é preciso muita coragem para encararmos a nós mesmos.
Olhar dentro e notar o vazio. Responder aquela pergunta que sempre vem: O que farei da minha vida ou o que fiz da minha vida?
Entre outras mais que aparecem e se apresentam como um verdadeiro "tormento".
Uma coisa observo: "A vida parece que  gosta de brincar." Ou então quer cumprir a sua própria missão que é a de nos fazer crescer, amadurecer, caminhar com as próprias pernas.
Tomar posse de sí, se bancar, sem ficar na dependência de nada, nem de ninguém.
Se não procurarmos isso pelo amor, isto é, de maneira natural, vem a dor para nos incomodar, mostrar que algo de equivocado fizemos, que nos enganamos, que falhamos ao não observar os sinais da vida, as sinalizações...
Por mais que busquemos a felicidade fora de nós, a vida parece que nos obriga a encarar, notar, que essa força está em nós, dentro de nós.
Todo mundo tem uma força latente que está na alma esperando a conexão, que venhamos a acessar. Mas...
Seria tão bom que tudo viesse pronto e caisse do céu.
Apenas felicidade e só!!!
Senhor dos Mares
Enviado por Senhor dos Mares em 19/10/2006
Reeditado em 01/09/2008
Código do texto: T267879
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Senhor dos Mares
Dracena - São Paulo - Brasil
2715 textos (104398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:47)
Senhor dos Mares