Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estado de Espírito...........


      Estou como uma "GARÇA" triste no leito
      De um rio qualquer...
      Meu mundo desaba e fora do meu habitat estou e
      Ninguém me quer.
      Meu olhar está parado em direção
      Ao infinito...
      Já não encontro paz!
      Não mais sorrio e...
      Meu espírito encontra-se em atrito.

     
      Acharei castigo maior ou pior que esse
      Sem ter uma direção?
      É como se minh'alma estivesse pixada,
      E sem solução!
      Quero desaguar no rio da esperança...
      Já que trago a liberdade como herança.

      Tenho com o mundo uma aliança,
      Sou corajosa e tenho perseverança!
      Mas isso para mim não é tradução de confiança,
      Preciso que dentro de mim...
      A solidão não prevaleça!
      Seria impiedoso comigo, do mal verdadeira presença.

      Nem sempre estou feliz sozinha,
      Outras horas não sou feliz em bandos!
      Sei que uma andorinha só não faz verão,
      O que quero para mim, nessa incerteza?
      Só quem o sabe é meu triste coração.

      Não consigo ser feliz em meio a quantidades...
      Sinto-me tímida, prefiro estar em...
      Meio a qualidades
      Claro que nem sempre isso me é possível,
      Infelizmente essa é a realidade!
      Gostaria de abusar de um vôo livre
      Para minh'alma descansar, essa sim é a verdade!
      Estou enferma no espírito!
      Que diversidade.

      Acredito que eu tenha vindo a esse mundo...
      Com a missão de desbloquear a
      cabeça dos que me rodeiam...
      Caso eu esteja errada no raciocínio,
      Nada mais tenho a falar
      E emudeço.

      Desejo ser completamente livre...
      Em corpo, mente e alma!
      Pretendo voar alto para o meu coração relaxar,
      Não quero na solidão pensar!
      Assim é melhor, sinto-me mais calma.

      Agora se for ao contrário e isso não acontece,
      Minha alma fenece!
      Seguirei meu vôo solitário,
      Por sobre lápides e noites gélidas.
      Assim encontra-se meu espírito

      Sendo assim, essa tristeza,
      Ninguém merece!
      Para derreter esse gelo,
      Sigo meu caminho em pleno vôo...
      Agora por sobre o mar e de encontro ao Céu azul
      Na certeza de que em algum bom lugar pousarei
      E lá deixarei todas as mazelas
      Que em meu espírito
      Eu, Criei!
           
     

     

   
     
     
     


     


Pretacosta
Enviado por Pretacosta em 19/10/2006
Reeditado em 23/10/2006
Código do texto: T267995
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pretacosta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
236 textos (32731 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:29)