Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TAMANHO>>>>>>>>>>

 Alegria nos bracos que me encontro. Um frescor de primavera apos o inverno rigoroso. Olhos a expressar ternura. A dor e substituida pela sensacao de se descobrir apaixonada. Aos poucos dispo me do luto, superando sua ausensia. Deixo me conduzir pelo acaso do destino. Me surpreendo sorrindo em outros bracos. Arquitetando novos sonhos. Permitindo que um novo alguem ultrapasse minhas defesas, entre e se aconchegue neste coracao. Um coracao que ha muito estava envolto na dor da perda. Novamente irei estar envolvida por esta arte da conquista. Estarei rindo dos dias que pensei nao haver amanha. Que tudo seria sofrimento. Entao o ciclo se repete, amores que vem e vam. Dias de sol e dias de tempestade. Quando se vive apenas uma vez e preciso saber viver. Saber que havera sempre alguem que mudara seus conceitos. O fara se pérde. Havera tambem novoa amores, alguns ternues outros a ferir a alma. E mesmo que vivencie um amor o qual hoje o faz sangrar, haverao tantos outros que lhe daram extase. Tudo e questao de escolha basta saber se direcionar. Voce pode sangrar por aquele que nao esta aqui e ruir sua vida numa missao infundada. Ou pode escolher ser corajosa e prossiguir, mesmo que doa obdicar aquilo que num momento de cegueira parece ser o correto. Entao chegamos a nitida conclusao que a dor e somente insuportavel quando demasiadamente a valorizamos.
CAMOMILLA HASSAN
Enviado por CAMOMILLA HASSAN em 20/10/2006
Código do texto: T269133

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CAMOMILLA HASSAN
Atibaia - São Paulo - Brasil, 36 anos
1308 textos (159166 leituras)
29 áudios (11795 audições)
5 e-livros (510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:30)
CAMOMILLA HASSAN