Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprendendo

21082004- Estou mudando lentamente. Apanhei um bocado. Fiquei um tanto amarga com relação às pessoas. Criamos uma imagem e descobrimos que é só fachada. Julgam-nos e não vêm os próprios defeitos. Mas, lamento ter perdido esse meu jeito mais simples, mais ingênuo, mais puro, de guria do interior. Vive-se melhor sendo assim, não percebendo quando nos usam, quando nos criticam, por sentirem inveja, no sentido mais torpe da palavra.Repito para mim mesma: O inferno está cheio de boas intenções. Eu não me tornei uma pessoa pior, pelo contrário. Ver as pessoas de uma forma mais parecida como elas são, é bom. Assim a gente não condescende demais com as atitudes nem sempre corretas.
Vitoria Lerinha Haubert
Enviado por Vitoria Lerinha Haubert em 22/10/2006
Código do texto: T270563

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vitoria Lerinha Haubert
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
266 textos (18685 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:22)
Vitoria Lerinha Haubert