Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APETECE-ME

APETECE-ME, beber na tua boca, o veneno que mata os meus desejos
Presos nas amarras do pensamento,
Que nem o vento
Soube levar a paragens longínquas…

APETECE-ME. Mordiscar os dedos dos teus cabelos,
Que nem torturados,
Confessam pecados……………

APETECE-ME, atravessar os rios do teu corpo,
Que nem leito preguiçoso,
Bebendo gota a gota em descarada timidez,
o suor da tua nudez……..

APETECE-ME, arrancar pedaços de ti,
que nem pétalas de pálidas flores,
que por amores
têm apenas a maldade
de encobrir a falsa virgindade……….

APETECE-ME, rasgar as tuas entranhas
E roubar-te o grito do prazer,
Que nem loucuras tamanhas
Fizeram orgasmos assim,
E por fim,

APETECE-ME, violar o teu abraço,
Para no meu cansaço
Saborear o mel
Que escorre da tua pele,

Arrepiado….
Saciado…….
APETECE-TE????
Diz…..
APETECE-ME, sim……
APETECE-ME SER FELIZ……….
Ângelo Gomes
Enviado por Ângelo Gomes em 22/10/2006
Código do texto: T270606
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ângelo Gomes
Portugal, 64 anos
553 textos (7881 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:57)
Ângelo Gomes