Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras: as minhas, as tuas, as deles

(Najah ÐL®)
 
 
 
Sou louca por palavras. Me alimentam. Mas não confio muito em discursos, nem em grandes declarações. Me custa suportar verborréias desatinadas e desconfio de euforias gratuitas. Palavras. Me irritam as dúbias e as de caráter duvidoso. As que são iscas e engodos simples, costumam me causar mal estar. As soltas, sem nenhum significado que não elas mesmas, me deprimem. As ofensivas ou as bajuladoras necessitam do aguardo de atitudes e comportamentos. A palavra calada se revela na observação de gestos e olhos. Ouço silêncios. Como em mim, que são ouvidas nos silêncios e nas pausas e devem ser lidas onde não estão escritas.
 
Se a palavra é bonita e vazia, não me dou. Se ela é romântica, mas é rápida ou acompanha um gesto frio, ignoro. Se é eloqüente, mas não há paixão, não presto atenção.
 
Mas se é palavra que arrepia, se ao lê-la os olhos queimam, o coração desanda, me entrego. Mesmo que a boca conteste, o enredo desminta e a própria palavra negue.
 
Najah DL
Enviado por Najah DL em 23/10/2006
Código do texto: T271701
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Najah DL
Uzbequistão
63 textos (13972 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:49)
Najah DL