Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Igual a ti, não há ninguém...



     Te procuro...mas não te vejo...
     Gostaria de te falar muitas coisas...
     Mas, a minha voz calou-se como a de um velho realejo.
     Quando eu tive tempo, deixei o tempo passar...
     Quando tive chance deixei de te amar.

     Você para mim é um caso mal resolvido,
     Tudo ficou no tempo como caso perdido...
     É difícil estarmos juntos agora, tudo mudou...
     A distância se encarregou de te afastar,
     E nunca mais você voltou.
     Assim a paz de Deus em tua vida, chegou!

     Hoje escrevo meus ais, que falta você me faz!
     Cada texto é dedicado à você, mas...
     Será que você os lê? Se lê já me satisfaz.
     Diga-me, parei no passado, porquê?
     Será que é para pagar as maldades que fiz à você?

     Hoje, sou uma mulher triste, meu sorriso se apagou...
     Já nem canto mais as músicas que gostavas,
     As letras nem me lembro mais, nem as que mais amavas.
     Igual a ti, não há ninguém!
     Até isto o passado, levou!
     Se estás feliz nos braços de outra, então...Amém!

         
     
     
         
Pretacosta
Enviado por Pretacosta em 01/11/2006
Código do texto: T278957
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pretacosta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
236 textos (32726 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:32)