Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aforismos desaguados

Heraclitianamente dinâmico: só no movimento posso entrar uma segunda vez.
Socraticamente ironizando: saber que nada sei é mesmo estar ignorante.
Platonicamente idealizando: o bem maior continua a ser o cuidado de si.
Aristotelicamente experienciando: se o que toco não é para mim, nem eu sou de mais ninguém.
Epicuristicamente deleitado: creio na dor que tem por sufoco o indizível prazer.
Cartesianamente duvidando: eu escolho; logo sou.
Hobbesianamente totalitário: o outro é uma grande interrogação.
Housseaunianamente utópico: felicidade é quando projetos vão para o singular.
Lockeanamente egoísta: só posso ser um eu em face de um tu.
Kantianamente putirano: manter a integridade é o meu único dever.
Nietzscheanamente forte: o que me mata me mata mesmo porque eu preciso é renascer.
Marxistamente comum: só vale para mim o que também se estende a ti.
Deleuzeanamente livre: tenho na linha de fuga a minha tábua de criação.
Pessoamente fingindo: estou ciente de que não acredito no que vivi.
Raulseixasmente rebelde: faço-o porque sei que será da lei.
Donjuanamente seduzido: em meio a mil caminhos, unzinho é o que tem meu coração.
Verissimamente poetando: busco a mente sadia, e escrevo doideiras que me fazem ébrio de lucidez.
Segundo Veríssimo, “A gramática tem que apanhar todos os dias para aprender quem é que manda”.
Ponto.

Wilson Correia
Enviado por Wilson Correia em 01/11/2006
Reeditado em 02/09/2011
Código do texto: T279362

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Correia
Amargosa - Bahia - Brasil
1192 textos (498421 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:55)
Wilson Correia