Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um cantinho por onde descem as lágrimas

Se sou puro pó, viro então, da vida, o ser mais dado
Puto sumo suco sulco tudo turvo recém chegado
Sou a estrela que me consome em própria alegria
E ai de quem disser, que o meu não é o mais bonito sorriso.

De nada sou sem ela, se idade mas se revela, acarreta-se...
Pô! Que nunca mais isto me venha a acontecer! Pô...!
Não sou merecedor de tal sofrimento, sofre poeta...
Não sou medidor da minha tristeza, os poemas sim...

Como escreve melhor um eu triste, cabisbaixo e chorão
Choro os cantos e cantinhos embaixo dos semáforos
Perto do meio fio existe um lugarzinho: passam as águas
Perto da minha pálpebra tem um cantinho: descem as lágrimas

Se sou puro pó, quero ser quem incomoda teu peito
Quem fica cutucando tua teimosia, aquele que te gosta
Quero ser também: Aquele que te Preza e Aquele que te Presa!
Quero ser que teu corpo deseja ao falar com os pensamentos

Sou por quem tu fica louca e fala sozinha? És tão normal
Por isso, por isso... Acho você diferente, estas bochechas.
Da terra que se retira o meu fim e se assopra, fica bonito
A vida sempre acaba e o pra sempre se deve dizer sempre!

Pois o pra sempre é a eternidade mais breve... Não vou gostar
Vou morrer, minhas sobrancelhas tão belas, as mais belas...
Meu amor tão puro... metal polido na minha mão
Metal que escapa pelos dedos finos, até que descobri que sou fraco...

E que de poeta nada tenho se não a amada, que não mereço ter
Quem é normal e perfeita, sabe ouvir, sabe dizer.
Tenho mais a quero ter, de verdade. Nos teus braços, sim, sou blindado!
Viva às pessoas, viva o casamento, viva os bueiros, abaixo à realidade.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 11/11/2006
Código do texto: T288106

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98434 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:03)
Andrié Silva