Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Avenida da solidão

    Andando sem saber pra onde
    Na avenida da solidão
    Mão no bolso
    Baixo astral
    Doe no peito coração
    Olhos que negam lágrimas
    Que mais negra sensação...

    Se pudesse recomeçar...
    Lançar carga em alto mar
    Sorrir sem ressentimento
    Como a gaivota
    Livre no movimento,
    Seria tudo diferente,
    Só o amor reinaria
    Sem nada mal
    Pra pensar.
Dja
Enviado por Dja em 11/11/2006
Reeditado em 12/11/2006
Código do texto: T288720
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dja
Brumado - Bahia - Brasil, 58 anos
69 textos (5219 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:20)
Dja