Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não estamos sós , apenas distântes...

Quantas vezes nos sentimos tristes, deprimidos, desesperados, desiludidos e solitários , mesmo vivendo em ambientes suntuosos,de luxo e beleza,cercados de pessoas e celebridades,doutores do conhecimento e do mundo,em condições materialmente favoráveis, que aos olhos humanos se traduziria no ''ideal de felicidade , tão buscada"... O que diriam dos pobres e miseráveis,dos abandonados ,dos órfãos,dos enfermos desenganados,dos deficientes e multilados,dos viciados e oprimidos,das famílias desunidas,dos relacionamentos conturbados e desfeitos,dos pais e mães sofredores solidários na dor dos seus, e tantos outros... Poderiamos dizer que sua condição é o reflexo de sua essência em sí, consequência nefasta resultante das imperfeições ou falhas na obra do criador?  Que as coisas são como são e nada devemos ou podemos fazer para modifica-las? Ou que seria então errado se buscar a felicidade e melhorar as condições materiais? [É claro que não ]
Assim diante desse quadro,é muito comum ouvirmos dos outros ou ate de nós mesmos questionamentos do tipo:
    ''Se Deus existisse não haveria tanto sofrimento...'' ou ainda '' O que é que eu fiz a Deus  pra merecer...''
     A resposta é muito simples e deve ser dita como a quem se explica a uma criança, que ao ouvir, repete, experimenta e finalmente aprende , que o homem é essencialmente espirito e que o corpo físico é nossa morada temporária...Que estamos aqui para nos aperfeiçoarmos, que nossas provas são resultantes de nossas próprias escolhas... Que nossa missão da  mais árdua, como tantas que temos visto, a mais símples , jamais imaginada, são muito importantes para o nosso crescimento ... Que as coisas se modificam a medida em que nos modificamos internamente ... Que os bens materiais são uma concessão de Deus, um empréstimo e que podem ser retirados de nós a qualquer tempo, ou restituidos pelo nosso merecimento e necessidade... Portanto não perca mais tempo em busca de coisas inúteis, pois as melhores coisas que poderemos ter são aquelas que não podemos carregar como bagagem... Que nosso fardo tem o pêso de nossa consciência... Que o mundo é um celeiro de oportunidades para a prática do bem...
      Como em nossa casa física que necessita sempre de uma boa faxina para se manter limpa e organizada, comece também uma faxina interna na morada do seu espírito, reaprenda tudo novamente , descarte as coisas inúteis, viva a missão a qual lhe foi confiada, entrega teus problemas e dificuldades nas mãos de Jesus e confia , pois não estamos sós, apenas distanciados do caminho,distraídos ou perdidos com os "brinquedos" desse mundo.
 
Paz e Luz.
 
Di Souza
Enviado por Di Souza em 14/11/2006
Reeditado em 18/02/2015
Código do texto: T291304
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Diogenes Souza). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Di Souza
Salvador - Bahia - Brasil
33 textos (1321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:43)
Di Souza