Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o que sou... que seja.

.


sou inimigo do ritmo
e da rima
não componho, nem almejo
obra prima, irmã, amiga
consiga apenas entender-me
esse, sim, é meu desejo
divirta-se me lendo
ou não
queira repartir comigo
seu pão
ou seu pé em minha cara
se seu desejo for
mas não me espere compor
seja lá o que for
desde que por normas
regrado
escrevo mesmo é regado
a cerveja, cê veja com'é...
sempre sem fé
no alarido
com muita música no pé
do ouvido...
fumo vinho vez por outra
a cabeça louca
e a consciência quase pouca
escrevo quase sempre o que vejo
nem sempre o que sinto
vez por outra o que minto
de repente o que desejo
vai saber...
mas enfim,
ainda vai me ler?
então puxa o banco
só não puxa o saco
tô de saco cheio já
de tanto blah blah blah
mas se de repente tu me gosta
não duvida, bate aposta
posta um post e me diz
me faz feliz
tá?


Vitório Vilas

Vitório Vilas
Enviado por Vitório Vilas em 16/11/2006
Código do texto: T293277
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vitório Vilas
Recife - Pernambuco - Brasil
14 textos (488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:28)
Vitório Vilas